Início / RIO2016 / Jogos Paralímpicos Rio2016 / Modalidades Paralímpicas do RIO2016

Modalidades Paralímpicas do RIO2016

Em 2012 Portugal esteve representado nas modalidades paralímpicas de atletismo, boccia, equitação, natação e remo

Hoje em dia os Jogos Paralímpicos são eventos desportivos de elite para atletas com deficiência, contudo têm o objectivo de destacar os feitos atléticos dos participantes, e não a deficiência.  O número de atletas participantes nos Jogos Paralímpicos de Verão aumentou de 400 atletas de 23 países em Roma, em 1960, para 4200 atletas de 160 países em Londres 2012 e este ano ainda se espera uma adesão maior.

Na XIV edição dos Jogos Paralímpicos Londres 2012 competiram cerca de 4200 atletas provenientes de 160 países de todo o mundo. Portugal esteve representado por 30 atletas de 5 modalidades, numa Missão chefiado por Carlos Lopes.

Veja agora todas as modalidades que vão estar presentes no Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro:

Atletismo

Faz parte dos Jogos Paralímpicos desde 1960 e atrai sempre o maior número de espectadores. O desporto oferece um vasto leque de competições e eventos e está aberto a atletas masculinos e femininos em todos os grupos de deficiências.

atletismo

 

 

 

 

 

Triatlo

Incluído nos Jogos Paralímpicos, pela primeira vez, no Rio de Janeiro em 2016.
Os atletas competirão em três disciplinas: 750m de natação, seguidos de 20km de ciclismo e 5km de corrida.

Basquetebol em Cadeira de Rodas

Inicialmente desenvolvido por veteranos da Segunda Grande Guerra nos E.U.A. em 1945. Na mesma altura, Sir Ludwig Guttmann desenvolveu um desporto semelhante, Netball em Cadeira de Rodas, no Hospital de Reabilitação de Deficientes da Espinal Medula, em Stoke-Mandeville. Desde então o desporto expandiu-se por todo o mundo, foi apresentado a nível mundial nos Jogos Paralímpicos de Roma 1960.

Boccia

Praticado durante muitos anos como actividade de lazer até ser apresentado nos Jogos Paralímpicos de Nova Iorque 1984 como desporto de competição. É praticado em mais de 50 países por pessoas com paralisia cerebral ou condições neurológicas relacionadas que implicam a utilização de cadeira de rodas.

boccia

 

 

 

 

 

Equitação

Tornou-se parte dos Jogos Paralímpicos pela primeira vez em 1996 em Atlanta. Está aberto a atletas com qualquer tipo de deficiência física ou visual. Os atletas podem competir em provas de dressage, prova de campeonato de movimentos obrigatórios e uma prova de estilo livre com música.

equitaçao

 

 

 

 

 

Esgrima em Cadeira de Rodas

Desenvolvida por Sir Ludwig Guttmann no Hospital de Stoke-Mandeville e a apresentação mundial foi nos Jogos Paralímpicos de Roma 1960.

Futebol de Cinco

Estreou-se nas Paralimpíadas nos Jogos de Atenas, em 2004, e está aberto a atletas com deficiência visual.

Futebol de Sete

Faz parte dos Jogos Paralímpicos desde 1984.
Esta modalidade, que se destina a pessoas com paralisia cerebral, é semelhante ao futebol para jogadores não deficientes com algumas modificações.

Goalball

Criado em 1946 num esforço para reabilitar veteranos deficientes visuais provenientes da Segunda Grande Guerra. Em 1976 foi apresentado ao mundo nos Jogos Paralímpicos de Toronto. Exclusivamente destinado a atletas com deficiência visual.

Halterofilismo

Prova decisiva da força da parte superior do corpo e por vezes podemos ver atletas a levantar mais do triplo do seu próprio peso.
Está aberto a todos os atletas com paralisia cerebral, lesões na espinal medula, amputação de membros inferiores e do grupo “Les Autres”, desde que satisfaçam os critérios mínimos de deficiência. O levantamento supino é a única disciplina deste desporto, com 10 categorias diferentes, baseadas no peso do corpo.

Judo

Começou como actividade das artes marciais para exercitar a mobilidade, foi incluído como desporto de competição nos Jogos Paralímpicos pela primeira vez em Seul, em 1988. Nos jogos de Atenas 2004 foram incluídas pela primeira vez as categorias de peso femininas.

Natação

Uma das oito modalidades desportivas praticadas nos primeiros Jogos Paralímpicos, em 1960, em Roma, na Itália, e actualmente é uma das modalidades mais populares.

natação

 

 

 

 

 

Canoagem

Incluída nos Jogos Paralímpicos, pela primeira vez, no Rio de Janeiro em 2016.
A modalidade é exactamente igual à canoagem regular e permite que os atletas com deficiência física de todos níveis pratiquem este desporto.

Ciclismo

Começou por ser praticado por ciclistas deficientes visuais que competiam utilizando bicicletas de tandem e foi introduzido como desporto paralímpico em Seul em 1988.
Actualmente, além de atletas deficientes visuais, o desporto inclui pessoas com paralisia cerebral, amputações e outras deficiências físicas. Os atletas correm em bicicletas, triciclos, tandem ou bicicletas manuais, conforme a deficiência.

Remo

Introduzido nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008.
O desporto está aberto a atletas masculinos e femininos e divide-se em quarto classes de embarcações. Em todos os quatro eventos as corridas têm mais de 1000 metros.

remo

 

 

 

 

 

Râguebi em Cadeira de Rodas

Desenvolvido no Canadá, na década de 1970, por atletas com quadriplegia e, depois de apresentado como desporto de demonstração nos Jogos Paralímpicos de Atlanta 1996, teve a estreia como desporto para medalha nos Jogos Paralímpicos de Sydney 2000. A modalidade é actualmente praticada em mais de 25 países diferentes e inclui homens e mulheres nas mesmas equipas.

Ténis de Mesa

Incluído nos primeiros Jogos Paralímpicos em Roma, em 1960, e actualmente é praticado por atletas em mais de 100 países diferentes. Atletas de todos os grupos de deficiência física, com excepção dos deficientes visuais, podem competir em classes de pé ou sentados. Os atletas com deficiência intelectual também podem competir.

Ténis em Cadeira de Rodas

Surgiu nos E.U.A. na década de 1970 e apareceu pela primeira vez nas Paralimpíadas em Barcelona, em 1992. Hoje, o desporto é praticado em mais de 100 países diferentes. O jogo segue as regras para não deficientes, com uma excepção – a bola pode ressaltar duas vezes.

Tiro

Põe à prova a precisão e o controlo, utilizando-se, para as provas, pistolas e espingardas de ar comprimido para disparar contra um alvo fixo. As competições nos Jogos Paralímpicos estão abertas a todos os atletas com deficiências físicas e visuais. Existem duas classes de competição, nomeadamente em cadeira de rodas e em pé.

Vela

Apresentada nos Jogos Paralímpicos de Atlanta 1996 como desporto de demonstração e tornou-se desporto para medalha nos Jogos Paralímpicos de Sydney 2000. Actualmente é praticado por atletas em mais de 70 países. A modalidade está aberta a atletas com qualquer tipo de deficiência física e o sistema de classificação baseia-se em quatro factores: estabilidade, função manual, mobilidade e visão.

Voleibol Sentado

Apresentado ao mundo nos Jogos Paralímpicos de Arnhem 1980. Exige um campo mais pequeno (10m x 6m) e uma rede mais baixa e o jogo é consideravelmente mais rápido que o voleibol de pé.

 

fonte do artigo: Comité Paralímpico de Portugal

loading...

Verifique também

Dia Mundial do Coração

Dia Mundial do Coração

O Dia Mundial do Coração celebra-se, hoje, dia 29 de setembro, com o tema “Potencia a tua vida” …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *