Início / Dança do Ventre

Dança do Ventre

• O que é Dança do Ventre?Dança do Ventre

A Dança de Ventre é uma famosa dança original de diversas regiões do Médio Oriente e da Ásia Meridional.

A Dança do Ventre é a mais feminina e sensual de todas as Danças.

A Mulher, através da música, une movimentos, expressão e sensualidade, transformando-os em sentimentos, que compartilha com seu público.

 

• Estilos de Dança do Ventre

Dança do Ventre Egípcia: manifestações sutis de quadril, domínio de tremidos, deslocamentos simplificados adaptados do Ballet Clássico, movimentos de braços e mãos simplificados.

Dança do Ventre Norte-Americana: manifestações mais intensas de quadril, deslocamentos amplamente elaborados, movimentos do Jazz, utilização de véus em profusão, movimentos de mãos e braços mais bem explorados;

Dança do Ventre Libanesa: com shimmies mais amplos e informais, seguidos de deslocamentos muito simplificados.

•História da Dança do Ventre

A origem da Dança do Ventre é controversa, mas foi a primeira Dança Feminina que surgiu.
Existem registo desde as pré-história pelos desenhos em cavernas de mulheres a dançar, mostrando o ventre em evidência.
Os movimentos de contracção, ondulação e vibração foram desenvolvidos pelas mulheres e para as mulheres em função de aliviar dores menstruais e preparar os músculos para a sustentação da gestação e o trabalho de parto, também como um culto à Grande Deusa (natureza) em prol da fertilidade do ventre e da terra.

A Dança do Ventre chegou ao conhecimento ocidental foi através do contacto com povos ciganos provenientes do norte da Índia, que se instalaram no Cairo.
Quando os ocidentais chegaram ao Cairo (final do séc. IXX) à procura das riquezas da região, ficaram extasiados com o exotismo da dança e das suas Bailarinas. As mulheres, por sua vez, trataram de adaptar a dança e os trajes ao gosto ocidental. Algumas Bailarinas foram levadas à Europa e Estados Unidos onde puderam melhorar as suas técnicas de dança e os seus trajes.
Em contacto com o balé clássico e contemporâneo, as Bailarinas incorporaram braços delicados, bicos de pés ou em saltos, véus esvoaçantes e roupas de duas peças cheia de brilho e franjas.
Assim foi evoluindo a Dança do ventre ao que é hoje.

 

• Onde Praticar Dança do Ventre

Em Escolas de Dança ou Ginásios.

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *