Início / Destaques / Afinal o que significa Bulking e Cutting?

Afinal o que significa Bulking e Cutting?

Bulking e Cutting: conceitos, diferenças e dicas para colocar em prática

Quem pratica musculação vai-se deparar com os termos Bulking e Cutting, dois termos bastante utilizados por quem convive com o exercício e o ginásio regularmente.

Mas o que significa e para que servem?

Bulking

bulking

 

 

 

 

 

É o processo usado por praticantes de musculação que desejam ganhar peso e massa muscular. É um período em que o objetivo primário é construir músculos, ganhar peso e aumentar a força. As calorias consumidas são aumentadas, por isso existe um excedente calórico.

Fase muito usada pelos fisiculturistas na época de “off season” (período sem competições onde os atletas aproveitam para ganhar maior capacidade física).

O objetivo é consumir mais calorias do que se é capaz de queimar, e de preferência de fontes saudáveis, como carnes magras, Whey protein, laticínios light e ovos.

Cutting

putting

 

 

 

 

 

 

É o processo usado por praticantes de musculação que desejam perder gordura minimizando a perda de massa muscular. É um período quando o objetivo primário é perder gordura, peso e ganhar peso magro.As calorias consumidas diminuem e/ou aumenta-se o gasto calórico, deixando um défice calórico.

Fase adoptada pelos fisiculturistas em “pre-contest” (fase que antecede as competições). A perda desse excesso de gordura é o que chamamos de Cutting.

Nos bodybuilders profissionais, ela é feita algumas semanas antes das competições, com dietas com muita proteína e poucos carboidratos. O objetivo da fase de Cutting é eliminar somente gordura, evitando ao máximo perder massa muscular.

 

Principais diferenças:

A diferença básica entre bulking e cutting é a ingestão de carboidratos.

No bulking há um consumo maior de carboidratos complexos (arroz, batata doce, feijão, aveia, etc) em quase todas as refeições. No cutting, os carboidratos são quase todos eliminados, sem haver a necessidade de alterar a quantidade de proteínas e gorduras.
O segredo desse processo é manipular a insulina e ajudar a ganhar peso na fase bulking e queimar gordura na fase cutting.

Na fase de Bulking o objetivo é ganhar o máximo possível de massa muscular, ao mesmo tempo em que se minimiza o ganho de gordura, com dietas hipercalóricas através do consumo de carboidratos complexos, como pão e arroz integral, enquanto que na fase de Cutting o objectivo é eliminar o excesso de gordura, mantendo sua massa muscular, através da redução do consumo de calorias e de carboidratos. As proteínas passam a ser o principal nutriente na alimentação.

 

nutrição

 

 

 

 

 

Dicas para a fase de Bulking:

  • Aumentar consumo de carboidratos complexos (integrais);
  • Fazer muitas refeições por dia;
  • Não fazer grandes intervalos sem comer;
  • Incluir uma fonte de proteína em todas as refeições;
  • Aumentar gradualmente as cargas de treino;
  • Incluir gorduras saudáveis e evitar fritos na alimentação;
  • Manter o consumo de calorias sob controlo;

Dicas para a fase de Cutting:

  • Reduzir o teor de carboidratos, mas sem os eliminar.
  • Nos dias de treino intenso aumentar o consumo de legumes, cereais e grãos integrais;
  • Aumentar o consumo de proteínas;
  • Beber muita água para ajudar eliminar as toxinas e favorecer o emagrecimento;
  • Comer regularmente para manter o metabolismo em alta e para ter energia para os treinos;
  • Progredir lentamente, não começar com uma mudança drástica de dieta
  • Não exagerar nos exercícios de cardio
loading...

Verifique também

Salada de salmão grelhado | Receita saudável

Salada de salmão grelhado | Receita saudável

Sugestão do Saúde a Mexer para refeição nutritiva e saudável: Salada de salmão grelhado! Ingredientes: – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *